Tricos


Tricos são criaturas híbridas que aparecem como inimigos em The Last Guardian. Como o nome sugere, são da mesma espécie do nosso Trico, mas são hostis.

ESSE ARTIGO CONTÉM SPOILERS.

Aparência


São da mesma espécie que o nosso Trico, portanto possuem a mesma estrutura física: asas, bico, penas e patas de pássaro, corpo e orelhas de gato, cabeça de cachorro e chifres. Possuem uma altura semelhante, cerca de 4 metros.

A principal diferença são as peças de armadura que eles usam, uma máscara e uma cobertura nas costas. Além disso eles têm chifres inteiros, asas mais desenvolvidas e seus olhos estão sempre rosas, simbolizando hostilidade.

História


Os tricos são uma espécie controlada pelo Master of the Valley, ele possui um exército dessas criaturas e as envia para raptar garotos e trazê-los de volta para o vale. Dessa forma eles são temidos e considerados como monstros pelos humanos.

Eles não têm vontade própria, são controlados pela armadura e máscara que os revestem e obedecem aos sinais emitidos pela torre branca. Apesar disso eles são recompensados com barris de comida quando trazem garotos para o ninho.


Um deles está no vale enquanto Trico e o garoto tentam escapar. Ao início ele só aparece longe, mas depois se coloca no caminho dos dois e tenta matá-los. Ele só desiste quando sua máscara é quebrada pelo garoto, tirando o controle do Master of the Valley.

Quando os dois estão na torre prontos para fugir o mestre envia um sinal que atrai os tricos que estão longe. Eles chegam ao vale e alguns deles entram em combate com o nosso Trico, causando sérios ferimentos.


Quando o Master of the Valley é destruído eles saem de seu controle, mas ficam desorientados, caindo da torre. Depois é revelado que pelo menos alguns sobreviveram à queda.

Habilidades


A estrutura híbrida dessa espécie concede características de várias espécies combinadas, além de possuir habilidades próprias.

Voo: Eles podem voar longas distâncias e em grandes altitudes.

Força: Pelo seu tamanho eles naturalmente têm um alto poder destrutivo.

Resistência: Eles resistem a muito dano, como grandes quedas, impactos e ataques de outras criaturas.

Agilidade: Eles conseguem dar grandes saltos e escalar várias estruturas.

Cura: Eles sangram pouco diante dos danos sofridos e se recuperam rapidamente.

Luz: Seus chifres têm um brilho próprio, iluminando um pouco do caminho em áreas escuras. Seus olhos também brilham e podem ser sinal de uma boa visão noturna.

Armadura: A máscara e as placas sobre seus corpos garantem proteção contra lanças e outros ataques. Mas também faz com que eles sejam controlados.



0 comentários: