Lord Emon


"Mas alguém agora está a entrar no teu caminho"

Emon é um xamã que tem como objetivo impedir a missão de Wander e a libertação de Dormin. Ele narra sobre as Forbidden Lands na introdução, mas só o vemos de verdade e descobrimos quem ele é na segunda metade do jogo.

Aparência


Emon é um homem velho , com barba e cabelo branco. Ele usa uma túnica longa de mangas comridas, um manto com a mesma estampa dos pontos fracos e um capuz com uma máscara com formato de coruja. Essa máscara fica até os momentos finais do jogo, quando é tirada e revela seu rosto.

História


"Tu separaste o nosso corpo em 16 segmentos"

Emon é o xamã do povoado de Wander e um líder entre eles. 

Dormin culpa Emon pela sua prisão, portanto podemos concluir que ele é um descendente (ou um sucessor no cargo) do xamã que selou Dormin originalmente na antiguidade, por isso ele possui um vasto conhecimento das Forbidden Lands, de Dormin e do ritual. Esse cargo também devia constituí-lo como portador da Ancient Sword.

É possível que Emon também tenha sido o responsável pelo sacrifício de Mono, visto que essa é uma prática geralmente conduzida pelo xamã da tribo.



"Apenas um pouco mais para ir"

Mas Emon não cuida bem o bastante da proteção da Ancient Sword, que acaba sendo roubada por Wander. Ao perceber a falta da Ancient Sword, Emon deduz que ela foi roubada para o ritual proibido e parte para as Forbidden Lands junto com seus soldados, a fim de impedí-lo.

Só temos conhecimento dessa jornada de Emon e seus soldados ao matar Pelagia, o décimo segundo colosso, e nesse momento Emon já está muito perto da entrada das Forbidden Lands.



"Você tem alguma ideia do que você fez?"

Emon chega de fato depois de matarmos o último colosso, quando o ritual já está se completando. Ele percebe que já é tarde demais para impedí-lo, então toma as medidas possíveis para amenizar a situação.

Ele faz um feitiço sobre o corpo de Mono, o que não sabemos se foi concluído, pois Wander interrompe ao aparecer no templo. Emon nota que ele já está tomado pela energia de Dormin e decide que não há outra alternativa a não ser matá-lo.

Quando isso não funciona e Dormin se manifesta no corpo de Wander, ele toma a medida final, usando a Ancient Sword para colocar um novo selo sobre o templo e aprisionar Dormin. Esse novo selo também destrói a Grande Ponte, para que nunca mais ninguém entre nessas terras. Ele sabe que o selo preservaria a vida de Wander e diz que caso ele consiga sobreviver ali talvez ele possa pagar pelos seus atos.

Relação com os outros personagens

Wander
Vivia no seu povoado e eles se conheciam. Emon podia suspeitar de que ele havia roubado a espada, mas só confirma ao encontrá-lo na Shrine of Worship.

Mono
Também vivia em seu povoado, mas não há evidência de que se conheciam. É possível que ele tenha sido o responsável pelo seu sacrifício.

Dormin
Emon tem grande conhecimento sobre Dormin e sobre o ritual que o selou, e portanto faz o possível para impedir que Dormin seja liberto novamente.

Habilidades

Emon tem conhecimentos de magia, como é esperado de um xamã. Ele é visto fazendo encantamentos sobre o corpo de Mono e também é capaz de criar magias fortes, como o selo sobre o templo. Ele também tem conhecimento sobre o selo de Dormin e é capaz de ver quando o ritual já está completo.

Visto que os itens Shaman's Cloak e Shaman's Mask estão no time attack como itens que aumentam o dano que causamos e diminuem o dano que recebemos, é possível que eles também tenham efeitos mágicos sobre Emon. Seus soldados também usam máscaras mágicas.



0 comentários: