Basaran


"Thy next foe is...  
The land where trees nary grow... It sleeps in a dry lake bed... A rude awakening.."
  
Basaran, o nono colosso

Tipo: Quadrúpede
Apelido de produção: Turtle
Localização: D3
Altura: 22,9m
Comprimento: 48,8m
Ponto fraco: Cabeça
Time Attack: 7:30 (normal) | 5:30 (hard)


Basaran é o colosso quadrúpede mais baixo, mas também o mais comprido. Ele é baseado em uma tartaruga, como fica claro pelo massivo casco nas suas costas.

Ele é em sua maior parte, feito de pedra. Apenas a barriga e o topo da cabeça são cobertos por pelo. Um detalhe na sua cabeça é que, mesmo que seus olhos tenham o mesmo design de todos os outros, eles não possuem a moldura de pedra esculpida, sendo apenas dois buracos em seu crânio.


O comportamento de Basaran é considerado agressivo. Ele pode ser lento para nos perseguir, mas está sempre atirando e como seus tiros são velozes precisamos estar sempre em movimento para escapar. No primeiro momento da luta ele já atira e se não estamos em Agro é até difícil subir a tempo de escapar.

Localização e arena


Essa planície rochosa está cercada por uma fenda e pequenos montes, onde fica a caverna do colosso. Com vários geysers espalhados pelo local, de longe é possível ver uma nuvem escura pairando sobre essa região. As poucas árvores existentes ao redor da arena estão mortas e não existe nenhuma construção humana no local

Dormin descreve a caverna de Basaran como o leito de um lago seco. E curiosamente, sua caverna já teve um lago durante o desenvolvimento, na versão final é que ficou totalmente seca.

Desenvolvimento


Essa sketch é apresentada no artbook como um conceito do Kuromori, mas é impossível negar as semelhanças com o design de Basaran, principalmente em suas costas com os espinhos, então podemos concluir que Basaran se originou desses conceitos do Kuromori.


Já em vídeos antigos da produção, o corpo era o que conhecemos, mas a cabeça era totalmente diferente: fina, esculpida e com chifres.

Os geysers estavam na estratégia desde o início, mas atingir seus chifres para guiá-lo pelo cenário foi uma estratégia considerada. Essa característica foi reaproveitada em Pelagia.

Curiosidades

É a terceira luta com a presença de Agro, e a primeira em que ela participa na estratégia. Mas ainda é possível matar Basaran sem sua ajuda;

Depois de atirar nos tornozelos de Basaran e derrubá-lo não será necessário repetir caso Wander caia. Assim que Basaran é erguido pelo geyser ele cairá de novo automaticamente;

Os rugidos do Basaran são similares aos do Argus;

Basaran compartilha várias semelhanças com Kuromori. Ambos têm uma aparência de réptil, com as patas se estendendo para as laterais de seu corpo (e não diretamente para baixo, como os outros quadrúpedes), ambos têm uma proteção nas costas, ambos são agressivos e ambas as estratégias envolvem atingí-los nas patas para derrubá-los.

Música

A violent encounter - Assim que a batalha começa
Revived power - Assim que Basaran cai, até o fim da batalha


0 comentários: